O Ministério Guerreiros de Deus no Níger (África)


Um trabalho missionário exemplar. Partindo do nada, hoje atua em cinco cidades do Níger. Leiam a seguir! E se você conhece outros trabalhos missionários “da linha de frente” como este, por favor envie o link das informações para que seja publicado aqui no Time de Cristo!

Ministério Guerreiros de Deus - Níger - África

Ministério Guerreiros de Deus - Níger - África

O Ministério Guerreiros de Deus chegou ao Niger em 2001, com nossa primeira visita a este país. Desde então temos batalhado para que o Evangelho seja proclamado nesta nação e para que a sociedade seja impactada com a diferença do Evangelho. Podemos dizer que Deus usou esta nação como um instrumento para mudar nossa vida, sentido e ministério. Fomos extremamente impactados com a necessidade de ajuda e também de novas estratégias para que o Evangelho cresca. Não foram necessárias palavras ou mobilização para nosso envolvimento com esta nação, Deus colocou um amor tão grande, mais tão grande em nossos corações que se tornou impossível esquece-los, cruzar os braços ou deixar para que outros façam.

Email para um amigo ou divulgue no Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine

No início de 2007 instalamos nossa própria base no Niger, dando início a alguns trabalhos na área de nutrição, evangelismo e esportes. Não falávamos a língua direito e não imaginávamos o que viria pela frente. Na frente de nossa base existia uma festa de 15 em 15 dias, feita pelo “Marabu” (líder muçulmano ligado a feitiçaria), a festa era realizada na porta da casa ao qual morávamos, eles faziam as invocações, depois de um tempo mulheres já possessas entravam dançando e depois disto chegava o Marabu para fazer os “grigri” (grigri é um tipo de amuleto, feitiço que eles colocam em crianças e nas casas para proteger dos maus espíritos). No outro dia quando olhávamos para as crianças estavam todas oprimidas, cada vez mais doentes e na miséria.

Começamos a orar e clamar para que Deus mudasse esta situação, criamos corragem e começamos a explicar para as crianças e mães das crianças que aquilo não era bom e não afastava nenhum espírito pelo contrário atraia demônios. Algumas mães autorizaram que tirrássemos os grigris de seus filhos, e não é que as crianças melhoraram mesmo de saúde – para a glória de Deus. A cada 15 dias foi diminuindo o número de frequentadores destas festa, até que depois de 2 meses, não existia mais festa na nossa porta, o feitiçeiro teve que mudar de endereço, e nossas crianças hoje são mais saudáveis (dentro dos limites do Niger) do que antes. Por isto todos os dias por onde passamos no Niger gritamos: Aleluia (Louvado seja sim o Nome do Senhor, porque grandes coisas Ele tem feito por nós). Somos conhecidos como a família Aleluia.

Realmente não foi nada fácil no início, houveram perseguições, tanto de muçulmanos como até mesmo de “cristãos”. Algumas pessoas ficaram chocadas e ao mesmo tempo impactadas, pois não existe medo do islã, e isto é algo que não pode existir em nosso meio, pois quando eles descobrem que existe o medo, eles tomam conta e não deixam mais que os cristãos penetrem, costumo dizer que existem muitas brechas, na murralha chamada Islã, e devemos e podemos penetrá-las, é o que temos feito ou tentado fazer diariamente… aumentar estas brechas e levar o Evangelho Salvífico de Cristo.
Hoje contamos com diversos projetos em andamento, que vivem muitos deles pela fé. Estamos em 5 cidades do Niger com obreiros representantes do MGD: Niamey, Torodi, Fera, Mailo e Maradi.

Nossos projetos no Niger existentes até a data atual (2009) são:

1. Projeto de Nutrição Esperança em Plateau ( na cidade de Niamey, com 3 missionárias envolvidas) à cerca de 70 crianças recebem alimento nutritivo, preparados em nossa própria base, também são evangelizadas através de canções e histórias – 3 vezes por semana.

2. Projeto de Nutrição em Koira Tegui ( um vila próxima a Niamey, com 2 missionárias envolvidas) à cerca de 40 crianças recebem alimento nutritivo, preparados em nossa própria base, também são evangelizadas através de canções e histórias – 2 vezes por semana.

3. Projeto de Nutrição Kauna au MAILO ( na cidade de Mailo, localizada há cera de 6 horas da capital, uma vila Haussa) à cerca de 45 crianças recebem alimento nutritivo, também são evangelizadas através de canções e histórias. Este projeto abrange somente 2 dias na semana pois ainda não conseguimos recursos para os outros dias.

4. Projeto de Nutrição Kauna au Maradi ( na cidade de Maradi, uma cidade há 10 horas da capital, um dos grandes focos de crianças desnutridas no Niger) à cerca de 40 crianças recebem alimento nutritivo, também são evangelizadas através de canções e histórias. Este projeto abrange somente 1 dia na semana pois ainda não conseguimos recursos para os outros dias.

5. Escola Kauna em Mailo à Uma escola construida no início de 2008. Hoje temos 4 obreiros e professores envolvidos, cerca de 45 crianças: 20 no jardim de infancia e 25 na primeira série. Estas crianças foram explusas da escola pública mais próxima da cidade pois eram cristãs e estavam ensinando outras crianças a louvar ao Senhor. No momento a escola precisa de reforma, reboco com cimento e construção de colunas.

6. Escola de Alfabetização para Adultos em Fera à uma vila há cerca de 1h30min de Niamey, um povo tribal que através da alfabetização pela Bíblia tem sido evangelizados e estão formando a primeira igreja da região. Falta o recurso para a construção da igreja/escola.

7. Escola de Alfabetização para Mulheres em Niamey à em nossa própria base de Niamey, através da alfabetização pela Bíblia tem sido evangelizados. Falta espaco adequado e carteiras.

8. Projeto de Futebol em Niamey à Existe há 07 anos, hoje muitos de nossos meninos estão grandes e já ajudando a outros. Faltam obreiros treinados em esporte para ajudar. Utilizamos o esporte e o discipulado.

9. Construção do Centro Esportivo Evangélico à Cerca de 80% concluido, hoje falta em torno de 30 mil dólares para finalizar a construção, faltam somente as quadras e finalização da “cinta”do muro.

10. Igreja na Base à Cerca de 200 pessoas (crianças, jovens e adolescentes) todos os domingos, em nossa base em Niamey.

11. Adoção de missionários nacionais à Hoje contamos com cerca de 14 obreiros em nosso ministério fixo no NIGER, sustentados através do MGD, ofertas e recursos que entram mensalmente no Ministério – por meio de parceiros e ofertas, Deus tem feito milagres, pois infelizmente muitas igrejas não tem sido fiéis com estes obreiros no dar, mais Deus conhece a necessidade deles e para a glória de Deus nunca faltou para nenhum deles. Cada obreiro nacional nossa mobilização é de USD 150,00 mensal (taxa de envio e sustento).

12. Projeto ajude no futuro dos jovens do Niger à jovens cristãos sem oportunidade de emprego e sem nenhuma perspectiva de vida ou melhora. Muitos deles se converteram e tem ouvido do evangelho em nossos projetos, passam fome todos os dias, sendo muita vezes escravizados para ter o que comer. Nosso desafio novo é formar técnicos em mecânica, eletricista, marcineiros, etc. Para tudo isto precisamos de ajuda em recursos, precisamos montar projetos que sejam sustentados pois infelizmente no Niger ainda não existe a opção de se auto-sustentar através de trabalho secular, não há oportunidades de emprego.

São diversos os projetos, são diversas as necessidades, com o pouco se pode fazer muito na vida de 1 criança nesta nação. Nosso desafio é não espere ter muito para fazer alguma coisa. Vocês tem a oportunidade de mudar uma vida, e lhes digo que só os conhecendo pessoalmente para entenderem o TAMANHO da necessidade deles. Quando falamos da falta de persepctiva de vida, incluimos até mesmo pastores e obreiros, que vivem abaixo da linha da pobreza e miséria, muitas vezes não tendo o que comer ou beber por dias seguidos. Podemos falar com autoridade sobre isto pois os conhecemos pessoalmente.

Louvamos ao Senhor pois até aqui Ele nos tem ajudado, sustentado e se chegamos aonde estamos é porque Deus foi misericordioso conosco, e usou a vida de pessoas para sustentar esta obra, jamais conseguiríamos sozinhos, dependemos de pessoas que diariamente ORAM por nós, dependemos de pessoas que mensalmente sustentam a obra no Niger e nossa vida também, dependemos da graça e misericórida de Deus, e a sabedoria também para administrar bem tudo que Deus tem colocado em nossas mãos: nossa oração que nunca possamos desviar o caminho que Deus tem para nós.

Leia mais, divulgue. Se você não pode estar pessoalmente na linha de frente da luta por Cristo, adote um missionário! Veja mais informações e relatórios de desempenho no website do Ministério Guerreiros de Deus. Leia aqui como tudo começou.

Mas se você quer vestir a armadura de Cristo e ir para a linha de frente, contate o Alexandre ou a Giovana: alexandregiovana@uol.com.br

Que Deus continue os abençoando.

Email para um amigo ou divulgue no FacebookDiggDel.icio.usStumbleuponRedditBlinklistTwitterTechnoratiYahoo BuzzNewsvine

Anúncios

2 Respostas

  1. […] relacionados: Xand: A indignação com o som era o chamado de Deus O Ministério Guerreiros de Deus no Níger (África) Ex-paquito faz trabalho missionário no ‘pior lugar do mundo’ Missionários: de Gabinete, de […]

  2. […] Email para um amigo ou divulgue no Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: