Reflexão para Lìderes Cristãos: Os Jarros de Barro – última parte


"Temos, porém, este tesouro em vasos de barro..." 2 Cor. 4:7

"Temos, porém, este tesouro em vasos de barro..." 2 Cor. 4:7

O CV “ao contrário” de Paulo em 2 Coríntios 4:7-10 nos lembra que Deus nunca nos prometeu imunidade contra os ferimentos e dificuldades da vida. E mais: seguir Cristo torna as coisa mais complicadas e nos deixa mais vulneráveis às hostilidades onde quer que vamos.

Envie por email para seu amigo e divulgue no seu Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine

Paulo informa duas razões por que Deus guardaria algo tão valioso num recipiente tão ordinário (jarros de barro): de acordo com Paulo, Deus mostra Seu poder de criação da vida em nós e Deus distribui Seu poder vivificante através de nós. Na parte 2 deste artigo, nós discutimos o poder de criação da vida em nós, por Deus. Agora nós vamos tentar entender sobre como Deus nos utiliza para distribuir a vida no mundo espiritual.

As evidências mais óbvias da presença de Deus em nossas vidas não é que consigamos escapar das dificuldades, mas que nós suportamos as dificuldades. Se você está se sentindo pressionado fortemente, perplexo, atacado ou derrubado por terra, isso não significa necesariamente que você está fazendo algo de errado (como alguns haviam acusado a Paulo). Pelo contrário, isso provavelmente significa que você está no lugar certo, onde deveria estar.

Deus não tem alegria com o nosso sofrimento e nem nos envia dor simplesmente para ver como nós iremos enfrentar ela. É que neste mundo agressivo em que vivemos, cada vez que nós somos derrubados sem nos quebrarmos, nós mostramos ao mundo que nós temos algo especial dentro de nós – a vida de Cristo. Enquanto tivermos dentro de nós a vida de Cristo, nós somos inquebrantáveis.

Deus distribui seu poder de vida através de nós. Esta é a segunda razão por que Deus coloca seu tesouro em jarros de barro. Conforme lemos na parte 1 deste artigo, jarros de barro devem ser usados e não admirados. Eu devo dizer a vocês que Deus não está procurando por jogos finos de chá feitos de rica prata. Ele procura por jarros de barro rústicos e que aguentam o tombo – aqueles do tipo que são para uso diário. Ele está procurando o tipo de jarros que não precisam ser guardados num armário de vidro protetor, mas podem ser enviados por esse mundo afora, inclusive nos lugares mais perigosos, carregando dentro deles a vida de Cristo.

Nós demonstramos o poder de Cristo quando suportamos as dificuldades. É interessante notar que Paulo escolheu a frase “oferecidos para a morte” para descrever nossa missão. É a mesma expressão que a Palavra de Deus usa para descrever o fato de que Jesus foi entregue às autoridades para ser chicoteado e crucificado. Do mesmo modo que Deus permitiu que Seu Filho sofresse por todos os pecados do mundo, ele às vezes nos permite a nós seus servos que soframos para oferecer vida eterna ao mundo.

Quando um crente em Cristo perde seu emprego durante a crise econômica, mas responde com confiança e perseverança, a vida de Cristo emana seu brilho para todos em volta desse crente. Quando um crente em Cristo se encontra confinado numa cama de hospital, desconfortável e sofrendo dores, mas mesmo assim abençoando a todos em volta com sua graça e fé, a vida de Cristo transborda para todos em volta. Quando as pessoas celebram a vida de uma pessoa e as alegrias do céu num funeral cristão, a vida eterna de Cristo enche a sala com sua fragrância.

As pessoas veem o brilho da fé que sai de dentro de você mesmo em situações difíceis. E começam a se perguntar, “o que é aquilo que você tem”. O que é que te faz assim tão sereno, confiante, calmo e transbordante de energia mesmo nessa situação difícil. É aí então que a Palavra de Deus que você carrega no seu corpo (o jarro de barro) começa a fazer efeito em todos a teu redor.

A bênção de Deus é que no meio da dor e dificuldades, nós continuamos a confiar, obedecer, amar e viver a vida vibrante de Cristo dentro de nós. Paulo está lembrando a si mesmo, seus leitores e seus críticos de que o ministério da Palavra de Deus não é sobre ele (Paulo) – sua habilidade de falar, a oratória, sua liderança ou seu sucesso na vida – é sobre Cristo.

Nós somos apenas jarros de barro, Jesus é o tesouro. Essa foi uma importante mensagem para os Coríntios e pelo mesmo motivo continua sendo uma importante mensagem para todos nós hoje.

Cabe a você pastor, a você irmão da congregação, Agir Como um Cristão e disseminar o brilho da tua fé para todos em tua volta mesmo que teu jarro esteja lascado e com cicatrizes da luta diária em nossas vidas. Levante tua cabeça e louve a Cristo através do brilho da tua fé n’Ele!

Por Brian L. Powell

Leia mais atualidades cristãs aqui.

Se você não leu, aqui estão Os Jarros de Barro – parte 1 e Os Jarros de Barro – parte 2 .

Envie por email para seu amigo e divulgue no seu FacebookDiggDel.icio.usStumbleuponRedditBlinklistTwitterTechnoratiYahoo BuzzNewsvine

Anúncios

2 Respostas

  1. […] Reflexão para Pastores: Os Jarros de Barro – última parte […]

  2. […] Reflexão para Pastores: Os Jarros de Barro – última parte « Time de Cristo, em segunda-feira, 16 novembro 2009 às 11:55 Diz: PDRTJS_settings_849362_comm_32 = { "id" : "849362", "unique_id" : "wp-comment-32", "title" : "%5B…%5D+voc%C3%AA+n%C3%A3o+leu%2C+aqui+est%C3%A3o+Os+Jarros+de+Barro+%26%238211%3B+parte+1+e+Os+Jarros+de+Barro+%26%238211%3B+parte+2+%5B…%5D…", "item_id" : "_comm_32", "permalink" : "http%3A%2F%2Ftimedecristo.wordpress.com%2F2009%2F11%2F09%2Freflexoes-para-pastores-os-jarros-de-barro-%25e2%2580%2593-parte-2%2F%23comment-32" } […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: