Ataque Contra Filme « Jesus »


SARGODHA, Paquistão, 14 de dezembro de 2009 (CDN) – A projeção do filme « Jesus » foi atacada no Paquistão. Muçulmanos ferem sete cristãos, dois com gravidade. Polícia se recusa a registrar o Boletim de Ocorrência.

Envie por email para seu amigo e divulgue no seu Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine

Cerca de 50 moradores muçulmanos armados com porretes e machados atacaram uma exibição do filme “Jesus” numa igreja próxima à cidade de Sargodha, na província do Pundjab, Paquistão. O crime ocorreu na noite de 9 de dezembro de 2009, ferindo três evangelizadores e quatro cristãos que estavam entre a congregação vendo o filme.

Dois dos evangelistas foram gravemente feridos. Os muçulmanos também danificaram o projetor do filme, queimaram o filme, confiscaram o sistema de som e roubaram as doações dos membros da congregação, que fica na vila de Chak, cerca de 10 quilômetros a noroeste da cidade de Sargodha. Tudo isso aconteceu às 19 horas.

Os três evangelizadores, srs. Ishtiaq Bhatti, Imtiaz Ghauri e Kaleem Ghulam, estavam projetando o filme dentro da igreja católica de Chak, que fica sob jurisdição da delegacia de polícia da cidade de Sargodha. Nosso irmão cristão Bhatti disse que a igreja estava lotada com cristãos da vila, que batiam palmas e celebravam enquanto o filme mostrava Jesus Cristo fazendo milagres, ressuscitando mortos, curando fisicamente e espiritualmente os doentes.

Os cristãos feridos foram levados para a Unidade Básica de Saúde (BHU) da vil a de Chak. O evangelista Bhatti foi tratado com ferimentos leves, mas Ghauri e Ghulam sofreram ferimentos graves e foram transferidos para outro hospital.

De suas camas na clínica e no hospital, os evangelistas disseram que um mulá (religioso) muçulmano instigou os moradores da vila a atacar os cristãos, armados com porretes, espadas e machados. “Eles correram para cima de nós de modo mortal e rápido e nos deixaram feridos, quebrando todo o equipamento e roubando os fundos coletados da congregação para ajudar a igreja”, disse o evangelista Bhatti. “Os homens muçulmanos também feriram aqueles moradores cristãos que tentavam intervir e parar seu ataque”.

A intervenção do sr. Chaudhary Nassar-Ullah Cheema, líder da vila permitiu o resgate dos evangelistas cristãos e a dispersão da multidão muçulmana, disseram as fontes. Os muçulmanos foram forçados a evacuar a igreja, mas isso foi feito somente depois de discussões que duraram duas horas.

Ódio contra a Ressurreição de Cristo

Testemunhas do crime que pediram anonimato disseram que muitos moradores muçulmanos e seus religiosos se juntaram foram da igreja enquanto o filme era projetado, com alguns deles subindo em árvores do local para ter uma melhor visão do filme. As testemunhas disseram que assim que os muçulmanos viram a ressurreição e ascensão de Cristo, eles ficaram enraivecidos e furiosos porque a religião muçulmana proíbe mostrar a imagem de seres humanos e ainda mais de um profeta.

As fontes informaram que embora os muçulmanos considerem Cristo como um profeta, eles acreditam que Ele nunca foi crucificado, tendo sido substituído por um homem idêntico a Ele.

Não havia nenhum médico disponível para cuidar dos quatro cristãos da congregação e três evangelistas que foram levados para o Centro Básico de Saúde da vila de Chak, mas um enfermeiro tratou os ferimentos e permitiu que alguns dos feridos fossem para casa. Os evangelistas Ghauri e Ghulam tiveram ferimentos gravíssimos e foram transferidos para o Hospital Distrital Central na cidade de Sargodha.

O sr. Asad Masih, um líder cristão local, disse que eles tentaram registrar um boletim de ocorrência contra os moradores muçulmanos que os haviam atacado, por crime de destruição (Artigo 337 do Código Penal do Paquistão), roubo (Artigo 380), recuperação de itens roubados (Artigo 441) e profanação e violação de local religioso mas a polícia rejeitou com desprezo a sua queixa. Os policiais disseram a eles para que procurassem resolver a disputa com os líderes mais velhos da vila de Chak, disse o sr. Asad.

O inspetor de polícia Azeem Warriach da delegacia de polícia de Saddr (cidade de Sargodha) disse que se registrasse uma queixa contra um grande número de moradores muçulmanos, isso resultaria na perturbação da lei e da ordem. “Então, eu disse aos queixosos que resolvessem o problema localmente na vila, para que possam se reconciliar e viver em paz e harmonia perfeitas” disse ele.

Leis existem, a Constituição existe. Oficial de polícia desrespeita as leis de seu país na delegacia de Saddr na cidade de Sargodha, no Paquistão. Cidadãos paquistasneses são atacados com machados e nada se faz contra os criminosos “para que possam viver em paz e harmonia”.

Envie por email para seu amigo e divulgue no seu FacebookDiggDel.icio.usStumbleuponRedditBlinklistTwitterTechnoratiYahoo BuzzNewsvine

Anúncios

Uma resposta

  1. Você sabia que Jesus anunciou que viria sobre a humanidade um dilúvio de fogo? Não? Pois bem! Chegou o momento desse tal dilúvio de fogo. E você não está sabendo de nada. Vai morrer queimada(o) sem menos saber disso? Pois é, Jesus te avisou, que assim como nos dias de Noé, viria sobre nós um outro dilúvio de fogo. Você sabia que o Espírito Santo Verdadeiro está espalhando pela internet, em um evangelho chamado LIVRO DO ESPÍRITO SANTO VERDADEIRO, todo este aviso? Que nesse evangelho você fica sabendo de tudo isso e muito mais? Só te peço uma coisa. Assim que Jesus te revelar também, tudo o que ele tem me revelado, que você bote a boca no mundo e avise quantos puder. Porque esse é o ultimo dilúvio de fogo que vamos ter na terra. Essa é a nossa ultima missão, antes de Jesus nos arrebatar dessa fogueira santa. João.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: