Dois Cristãos Feridos Gravemente num Casamento


TOBA TEK SINGH, Paquistão, 14 de janeiro de 2010 (CDN) – dois cristãos paquistaneses que receberam tiros durante um casamento cristão em 26 de dezembro de 2009 por se recusar a converter à fé muçulmana, ainda estão recebendo tratamento na UTI de um hospital, mas os médicos dizem que muito provavelmente viverão.

Envie por email para seu amigo e divulgue no seu  Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine

Em vozes bem baixas que mal se podem escutar, os cristãos Imran Masih de 21 anos e Khushi Masih de 24 anos contaram à CDN que dois muçulmanos armados com fuzis AK-47 na província do Punjab, vila de Chak 297-JB, no distrito de Toba Tek Singh, atiraram nos seus peitos depois que eles se recusaram a recitar os versos muçulmanos que significavam a conversão à fé islâmica.

Logo depois que eles chegaram ao casamento de amigos cristãos, um grupo de jovens muçulmanos armados com rifles de assalto AK-47 os cercou e começou a atirar no ar, como é costume popular nos casamentos das vilas da região. Os participantes do casamento não ficaram portanto alarmados, pensando que os jovens muçulmanos estavam simplesmente celebrando com alegria.

“Um dos muçulmanos que usava um turbante verde, então subitamente ordenou que nós dois recitássemos as palavras sagradas muçulmanas Kalima (=profissão de fé) ou então eles atirariam na gente e seríamos mortos.” Disse Kushi Masih.

Os dois cristãos disseram que eles pensaram que era brincadeira e recusaram e ao invés disso começaram a recitar o Salmo 91 da Bíblia. “Nossa decisão os deixou furiosos”, disse Imran Masih, “ e ao invés de atirar para o ar, eles atiraram na gente, saindo dali só quando tiveram certeza que estávamos mortos. Graças ao Senhor Jesus Cristo, que nos levantou dos mortos!”

Os pais dos dois cristãos encontraram seus filhos jogados em poças de sangue e os levaram correndo para o Tehsil Headquarters Hospital. Imran Masih teve duas costelas quebradas por causa dos tiros, com uma das balas passando a poucos milímetros de seu coração. Khushi Masih foi ferido no peito e perna esquerda. As balas de um fuzil de assalto AK-47 ferem menos se elas atravessam o corpo do que se elas batem em algum osso e se fragmentam em pedaços dentro do corpo.

“Eles estão se recuperando rápido e seus ferimentos estão se curando, mas eles ainda ficarão sob observação estrita na UTI”, disse o pai de Imran Masih. Ele disse ainda que os médicos estão preocupados por suas vidas mas que eles vão sobreviver.

A polícia registrou um boletim de ocorrência contra os suspeitos, cujos nomes não foram divulgados, mas ainda não os prendeu, disse o policial da delegacia do bairro de Saddr. “Nós os prenderemos em breve, e os poremos atrás das grades”, disse ele. A investigação continua, adicionou o policial.

Os suspeitos estão baseando sua defesa afirmando que atiraram nos cristãos por acidente, disseram membros das famílias dos cristãos feridos. Os pais dos dois cristãos disseram que o extremista muçulmano sr. Hafiz Aziz Gujjar, um membro de um grupo de muçulmanos locais de linha dura, vinha pressionando faz tempo os dois garotos para se converterem à fé muçulmana. O sr. Gujjar também vem pressionando e amedrontando outros cristãos para que reneguem sua fé em Cristo.

Com uma mistura de tristeza, preocupação mas também orgulho, os pais disseram que seus filhos permanecem firmes em Cristo, derramando seu sangue mas se recusando a renegar a fé em Cristo. Entre a morte por se recusar a recitar a Kalima e a vida do Salmo 91, este último venceu.

Envie por email para seu amigo e divulgue no seu  FacebookDiggDel.icio.usStumbleuponRedditBlinklistTwitterTechnoratiYahoo BuzzNewsvine

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: