Relatório Anual de 2009 China Aid: as Dez Casos de Perseguição aos Cristãos na China


19 de janeiro de 2010 por ChinaAid

O site Time de Cristo publica em primeira mão no Brasil o relatório anual 2009 da China Aid, relatando casos de perseguição aos cristãos na China. São 10 casos de perseguição, publicados em separado. Para listar todos os casos e ir lendo um a um, por favor, pesquise no site a palavra-chave “Relatório Anual China 2009”. Para mais notícias sobre a perseguição do governo comunista chinês às igrejas cristãs na China, pesquise utilizando a palavra-chave “China”. Os valores em Reais são apenas indicativos, pois variam diariamente de acordo com a taxa de câmbio entre o yuan (moeda chinesa) e o Real brasileiro.

O ano 2009 demonstrou igrejas chinesas cristãs sofrendo em meio a perseguições. Em uma sociedade onde o rápido crescimento econômico e a inovação estão em alta demanda, o governo chinês e as igrejas domésticas chinesas continuam lutando entre si e atraindo atenção de todo o mundo.

No entanto, os fiéis perseguidos na China acreditam que o amor e a graça de Deus sempre fortificarão suas igrejas. A China Aid, sediada no Texas, relatou uma grande quantidade de casos relacionados à perseguição de igrejas domésticas chinesas em 2009.

Depois de uma análise e revisão holística desses casos, nós selecionamos dez casos representando a natureza da perseguição no país, e introduzimo-los aqui para o público.

Entre esses cinco casos de perseguição globalmente reconhecida, cinco são particularmente de igrejas; quatro envolvem a perseguição de indivíduos praticantes da fé; e um envolve a perseguição de Cristãos que resgataram refugiados graças à sua dedicação a princípios bíblicos.
Reflexões sobre a Perseguição aos Cristãos pelo Governo Comunista Chinês em 2009

Esses dez casos de perseguição revelam a atitude moral e política do governo chinês em relação à religião. A política anti-religiosa do governo indica sua hostilidade crescente contra o cristianismo que já conta com cerca de 80 milhões de fiéis na China.

Além disso, o perseguição raivosa do governo contra igrejas registradas e não registradas demonstra sua confusão, medo, e instinto ameaçado.

Cristãos e Igrejas devem evitar conflitos com o governo operando dentro da lei e mantendo suas crenças em Deus.

Mas, as igrejas não devem ceder à perseguição, e sim lutar pela verdade e dividir essa verdade com o mundo.

Ajude nossos irmãos cristãos chineses, divulgando estas notícias para seus amigos.

Fonte: ChinaAid

Anúncios

Uma resposta

  1. Olá, gostei muito de seus artigos, gostaria de te convidar para partipar de uma rede de troca de conteúdo, para mais detalhes me adiciona no msn co_herdeiro@hotmail.com ou me manda um email ok. Abraços. Samuel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: