Como vão indo, Sharon e Shalom?


Sharom and Shalom recusaram renegar a Cristo

Sharon and Shalom recusaram renegar a Cristo

MUZAFFARABAD, PAQUISTÃO 10 de outubro de 2006, (ANS) – Em um incidente terrível na história da perseguição a cristão, militantes não identificados assassinaram duas crianças, filhas de um casal misssionário que está trabalhando na At Any Cost Jesus Mission, uma entidade evangelizadora nas nações muçulmanas.

Um relatório de imprensa enviado por e-mail para o ANS Any Cost Jesus Mission, revela que os assaltantes incendiaram os corpos das vítimas Shalom, de 15 anos, e Sharon, de 14 anos, após as matarem brutalmente no Paquistão. Foto (conteúdo para adultos).

As vítimas, de acordo com o relatório de imprensa, eram adolescentes estudantes do segundo grau. “Shalom e Sharon foram sequestrados juntamente com seus pais missionários e duas outras irmãs mais jovens, 10 dias antes do assassinato. Os militantes tentaram os forçar a se converter a fé muçulmana, mas os dois adolescentes recusaram renegar a Cristo,” segundo o relatório de imprensa.

“Então, os muçulmanos mataram o menino Shalom primeiro. Em seguida, eles estupraram a garota Sharon na frente dos pais, e mutilaram um de seus seios. Ela também morreu”. O relatório de imprensa também cita um outro missionário, Habel. Ele relatou a notícia para a Any Cost Jesus Mission de um local secreto.

“A polícia paquistanesa e os militares apoiam os militantes muçulmanos. O missionário Habel e sua família também foram atacados e sua casa foi incendiada, mas Deus permitiu que eles escapassem para um local secreto. Os militantes também demoliram uma igreja e outras casas foram incendiadas”, segundo descreve a organização evangelizadora no relatório de imprensa.

Os militantes muçulmanos incendiaram uma motocicleta, espalhando combustível e depois ateando fogo. Os corpos das vítimas foram deixados em uma vala, junto com a motocicleta em chamas. “A polícia emitiu um falso laudo, dizendo que o incidente aconteceu porque o tanque de combustível da motocicleta estava aberto, e então caiu na vala e explodiu por causa de uma faísca”, alegou a Any Cost Jesus Mission.

O pai de Sharon e Shalom é assassinado, esposa e outros filhos são sequestrados

O corpo do Dr. Mehaboob, o missionário da Any Cost Jesus Mission  no Paquistão, foi encontrado no rio Neelum, no dia 18 de outubro de 2009. Ele tinha 42 anos de idade. Dois de seus filhos foram brutalmente assassinados, e seus corpos queimados no dia 1 de setembro de 2009.

Sua esposa, Paulin Mehabooba (37 anos) e suas filhas mais jovens Sherin (11 anos) e Shelvin (7anos) ainda estão desaparecidas.

O Dr. Mehaboob era muçulmano. Ele nasceu na cidade de Bahawalpur, no Paquistão. Ele aceitou Jesus Cristo como seu salvador pessoal enquanto ele era um estudante. Ele casou com uma garota cristã, por volta de 17 anos atrás. Sua conversão e seu casamento criaram problemas. Eles poderiam ter sido mortos por seus pais. Mas, eles escaparam e viveram em Peshawar por muitos anos. Eles começaram a proclamar o Evangelho.

Muitas pessoas aceitaram Jesus. E o casal foi atacado, e seu primeiro filho (o qual era mais velho que Shalom) foi assassinado com 7 anos de idade. Então, eles deixaram Peshawar, e foram para Muzaffarabad. Lá continuaram seu trabalho religioso.

A Anycost Jesus Mission iniciou seu trabalho no dia 1 de janeiro de 2000, como um projeto do novo milênio para uma evangelização secreta nas nações muçulmanas. O Dr. Mehaboob é um dos fundadores da Missão. Existem 78 missionários secretos que servem diferentes nações, com intuito de apresentar os evangelhos aos muçulmanos. Destes 78 missionários, 8 encontram-se no Paquistão.

Os militantes pediram a família do Dr Mehaboob para parar suas atividades missionárias, e converterem-se de volta a fé muçulmana. Eles ofereceram uma grande quantia para que eles se convertessem e se juntassem ao grupo militante. Eles apreciaram a forma como o Dr. Mehaboob e seu time estavam sucedendo. Eles queriam utilizar esses esforços e talento contra o cristianismo.

O Dr. Mehaboob e sua família recusaram a oferta, e corajosamente disseram que Cristo era o Salvador, e que eles ficariam atrás de Sua sombra até o ultimo suspiro de suas vidas. Ele foi espancado diversas vezes. Em torno de 15 a 20 pessoas seqüestraram o menino Shalom, no dia 8 de agosto de 2009. Eles forçaram o menino a ser circuncidado, de forma rudimentar. Eles usaram facas enferrujadas no processo. E então deixaram o garoto voltar para casa. Ele ficou doente, e sofreu com muita dor. Pus saiu de sua genitália, e ele não conseguiu urinar por três dias.

Os muçulmanos avisaram que isso seria somente o começo. O Dr. Mehaboob foi até a polícia para prestar queixa. A polícia não registrou o caso, porém disse que ele eles seriam acusados por tentativa de assassinato de seu filho. Todos os cristãos se reuniam na sua casa todos os dias, e rezavam. Isso deixou os militantes com muita raiva.

No dia 21 de agosto de 2009, a família inteira do Dr. Mehaboob foi sequestrada. Os cristãos foram espancados todas as vezes que se juntavam para fazer uma oração a Cristo enquanto estavam sequestrados. A polícia apoiava os militantes.

Os militantes muçulmanos estupraram as garotas na frente dos pais. Sharon, a filha mais velha, resistiu. Eles então mutilaram um de seus seios. Tanto Shalom quanto Sharon foram mortos. Os militantes muçulmanos deixaram os corpos das vítimas em uma vala, juntamente com uma motocicleta. Eles espalharam combustível na motocicleta e a queimaram. A polícia alegou que os corpos são de pessoas não identificadas. Eles também fizeram um falso boletim de ocorrência, dizendo que o incidente foi causado por um acidente.

Desde então, não tivemos mais notícias sobre Mehaboob, sua esposa e as duas filhas mais novas. O caso foi relatado para as autoridades paquistanesas que nada fizeram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: