Buscando a Paz Celestial em Cristo


Chai Ling: conversão em busca da Paz Celestial

Chai Ling: conversão em busca da Paz Celestial

BOSTON, EUA, 22 de abril de 2010 – Há mais de 20 anos atrás, uma jovem mulher chamada Chai Ling lamentava a morte do reformador político e econômico Hu Yaobang, um símbolo de liberdade e esperança para os alunos com visão de futuro na China. O funeral de Hu, realizado em 22 de abril de 1989, sete dias depois de sua morte, foi assistido por 50.000 estudantes.

Chai Ling, então com 17 anos de idade, e no ranking nacional de estudantes de honra na Universidade de Pequim Beida, tornou-se uma força que estimulou o Movimento Estudantil na Praça Tiananmen (Praça da Paz Celestial), reunindo milhares de estudantes esperançosos. Mais tarde, tornou-se a líder do movimento de protesto.

Após o sangrento Massacre da Praça Tiananmen em 4 de junho de 1989, Chai Ling disparou para o ranking dos “21 mais procurados” estudantes da China por organizar manifestações. Com a ajuda de budistas chineses e organizações em Hong Kong, ela fugiu para os Estados Unidos em 1990.

Após a sua fuga e imigração para os EUA, Chai Ling estabeleceu-se em Boston, MA, onde conheceu e casou-se com Robert Maginn Jr. Juntos, eles construíram a empresa de software Jenzabar, que hoje emprega mais de 280 empregados. Chai Ling recebeu seu MBA pela Escola de Administração de Harvard em 1998, e foi indicada duas vezes para o Prêmio Nobel da Paz. Ela tem usado seu sucesso combater a discriminação na China, ajudando orfanatos e apoiando os esforços humanitários no país. No ano passado, ela se comprometeu a doar milhões para financiar as organizações de apoio aos direitos humanos na China.

“Eu percebi que, se eu me tornasse uma empresária muito bem sucedida como Bill Gates, eu poderia ganhar dinheiro aos montes e criar uma grande fundação. Eu poderia então, de uma vez por todas, libertar a China”, disse Chai Ling. Apesar de suas ações frutíferas, começou a perder a esperança, sentindo-se fraca demais para realizar seu objetivo de levar a liberdade para a China.

Em novembro de 2009, Chai Ling participou de uma audiência na capital americana, sobre os efeitos da política do filho único da China. Ao ouvir a história do aborto forçado de uma mulher, Chai Ling finalmente convenceu-se de que só Deus poderia impedir tal brutalidade promovida como política de governo do partido comunista da China. Através do incentivo e orações de vários mentores e amigos, Chai Ling tornou-se uma cristã no dia 4 de dezembro de 2009.

O objetivo de Chai Ling de liberdade e esperança para o povo chinês, não mudou desde seus dias de estudante. Mas a sua perspectiva e foco está fresca e renovada. Ela agora tem esperança de trazer o amor de Deus e a liberdade para o povo da China, assim como uma maior conscientização e a luta contra a política do filho único. Em seu batismo no dia de Páscoa, Chai Ling apresentou seu testemunho. Sua história é um testemunho vibrante para o poder transformador do Evangelho e da esperança de Cristo para um mundo desestruturado e pecaminoso.

Da Praça da Paz Celestial (Tiananmen) cenário de um massacre cometido por um regime comunista anti-Cristo, até a verdadeira paz celestial que os cristãos almejam encontrar nos braços do Pai. Esse foi o caminho de Chai Ling, durante mais de 20 anos de sua vida. Seja bem-vinda, irmã Chai Ling, que Deus a abençõe.

Share

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: