Entrevista: Rafik Responde, conversão de muçulmanos – parte 3


Rafik responde aos muçulmanos

6. Dizem que existem 2.1 bilhões de cristãos no mundo. Mas somos tão fragmentados em tantas denominações: 85 principais e 38.000 denominações secundárias. Do lado muçulmano são 1.5 bilhões, 90% são sunitas com uma minoria xiita. Qual o balanço real de forças, o cristianismo é o gigante com pés de barro devido a essa fragmentação?

Rafik: A maioria dos cristãos, causa da desinformação sobre no islã, pensam que existem somente duas facções no islã, os sunni e os shiia (sunitas e xiitas). As divisões do islã são muitas e complicadas. Na Sura 3:103 (sura são os ‘versículos’ do Corão) encontramos a exortação de Alá para os muçulmanos não se DIVIDIREM: “E apegai-vos, todos, ao vínculo com Deus e não vos dividais…”.

Apesar de Alá ter exortado e dado uma ordem clara para que os muçulmanos não se dividam, isso não funcionou, pois alguns dias depois da morte de Maomé, eles já estavam divididos e matando-se uns aos outros por causa da luta pelo poder político para governar o reino que Maomé criou.

O mito do Islã da “paz”: a paz não existe entre suas seitas

O próprio Maomé disse que os muçulmanos se dividiriam em 73 seitas. Logicamente ele estava errado de novo porque existem muito mais de 100 divisões no islamismo.

Primeiramente o islamismo esta dividido em QUATRO escolas de pensamentos e elas também se opõem entre si. Somente para dar um pequeno exemplo: Sunni (sunitas), Shiia (xiitas), Ahmadiyya, Kharijita, Murjia, Mutazilita, Qadariyya, Wahabiyya, Ismaeliya, Salafis etc. Sem mencionar aquelas seitas que se tornaram religiões independentes como os Bahais, Sikhs e os Drusos. O islamismo está tão fragmentado como qualquer outra religião, porem eles pregam que o islã é um e que os muçulmanos são unidos. Isso é pura mentira.

O cristianismo evoluiu para o debate doutrinário, o islã se fossilizou na repressão violenta às “heresias”

A grande diferença em termos de unidade, é que as divisões no cristianismo são diferenças doutrinarias e não políticas, nós não pegamos em armas para acabar com o oponente como acontece no islã.

No islã, no entanto, as facções se odeiam ao ponto de se matarem entre si. Os Ahmadiyya e os xiitas são tremendamente perseguidos quando a maioria muçulmana é sunita. Quando convêm, os sunitas mencionam que os xiitas são muçulmanos, somente para aumentar o numero de muçulmanos.

Porém eles não se consideram seguidores do verdadeiro islã, eles amaldiçoam uns aos outros e quando as chances são favoráveis eles até matam uns aos outros.

O mito da tolerância muçulmana: uma seita muçulmana no paraíso e o resto no inferno. Pior ainda para quem não for muçulmano…

De acordo com as tradições, Maomé teria dito que seus seguidores se dividiriam em 73 seitas, (mais do que as divisões dos Judeus e Cristãos) e que SOMENTE UMA SEITA estaria com ele no paraíso. Ou seja, todas as outras 72 seitas estarão no INFERNO de acordo com as próprias palavras de Maomé.  Fonte: http://alkhilafah.net/sects.html – Na Hadith da coleção de Dawud no livro 40, Hadith numero 4579 encontramos a seguinte historia:

“Narrado por Abu Hurayra: O profeta disse: “Os Judeus se dividiram em 71 ou 72 seitas, e os Cristãos se dividiram em 71 ou 72 seitas; e a MINHA COMUNIDADE se dividira em 73 seitas.”  Outra tradição diz: Narrado por Awf ibn Malik Al Ashjal: O profeta disse, … esta nação se dividira em 73 seitas. UMA SEITA ESTARÁ NO PARAÍSO e o RESTO NO INFERNO”.

Cristianismo: unidade no Espírito e não na forma

A unidade Islâmica não passa de um mito. O islamismo enfatiza a UNIFORMIZAÇÃO de formas, enquanto a Igreja enfatiza a UNIDADE no Espírito e não na forma.

7. No seu ponto de vista, por que a igreja cristã COPTA não sucumbiu ao genocídio muçulmano de 1.300 anos de opressão e por que no Egito ainda sobrevivem entre 8 a 10 milhões de fiéis sofrendo a repressão?

Rafik: Por se tratar de uma assunto longo, e  rico em detalhes, eu prefiro responder esta pergunta em uma outra oportunidade.

8. O teólogo muçulmano Sheik Ahmad al-Katani disse em entrevista à televisão árabe Al-Jazeera que todo ano 6 milhões de muçulmanos se convertem ao cristianismo. Esse número não seria exagerado? Se verdadeiro, isso significa que  por exemplo a África seria 100% cristã dentro de pouco mais de um século, o que é um prazo extremamente pequeno em termos de história da humanidade. O Sheik al-Katani exagerou as estatísticas visando alarmar e radicalizar os muçulmanos?

Rafik: Eu creio que foi exagero e tudo indica que o propósito era levantar fundos para a sua organização para se enviar mais missionários muçulmanos. Porém o fato é que o islã esta perdendo adeptos e os números vêm aumentando a cada ano. O Irã é um caso muito bom para se estudar. A Argélia vem perdendo muçulmanos em uma escala alarmante. Fontes no Egito dizem os cristãos já são 20% da população, mas por causa da repressão muçulmana eles continuam fingindo serem muçulmanos.

Zakaria Boutros: belo trabalho de evangelização pelo debate

O Padre cristão copta Zakaria Boutros tem feito um ótimo trabalho na pregação do Evangelho. A pregação dele não tem nada a ver com rituais, ele prega somente a Cruz de Cristo para a Salvação e ao mesmo tempo ele DESTRÓI as bases frágeis do islamismo. Milhares de pessoas já se converteram por causa do trabalho dele.

***************************

Não perca a continuação desta entrevista na próxima quinta-feira! Envie este artigo para seus amigos, publique no seu Facebook, Twitter, Orkut. Seu clique não custa nada e ajuda muito, irmão! E visite sempre o blog Rafik Responde ao Islã.

“Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, e toda a língua confessará a Deus.” Romanos 14:11

Leia também as outras partes desta entrevista:
Rafik Responde: perguntas que incomodam, parte 1
Rafik Responde: perguntas que incomodam, parte 2

Leia mais a respeito:
Loucos de Deus: O Inimigo Público nr. 1 dos Extremistas Islâmicos
A Quinta Ferramenta: o genocídio contra os cristãos em 1.300 anos de islã

Share

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: