Bispo: cristãos, não dêem seus votos à senhora Dilma Roussef.


Dom Luiz Gonzaga Bergonzini: não vote em quem apóia o aborto.

“Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus Com esta frase Jesus definiu bem a autonomia e o respeito, que deve haver entre a política (César) e a religião (Deus). Por isto a Igreja não se posiciona nem faz campanha a favor de nenhum partido ou candidato, mas faz parte da sua missão zelar para que o que é de “Deus” não seja manipulado ou usurpado por “César” e vice-versa.” Leia a declaração do Bispo dom Luiz Gonzaga Bergonzini, publicado dia 19 de julho de 2010 no site da CNBB e depois retirado do ar por algum censor da própria CNBB.

Quando acontece essa usurpação ou manipulação é dever da Igreja intervir convidando a não votar em partido ou candidato que torne perigosa a liberdade religiosa e de consciência ou desrespeito à vida humana e aos valores da família, pois tudo isso é de Deus e não de César.

Vice-versa extrapola da missão da Igreja querer dominar ou substituir-se ao Estado, pois neste caso ela estaria usurpando o que é de César e não de Deus.

Já na campanha eleitoral de 1996, denunciei um candidato que ofendeu pública e comprovadamente a Igreja, pois esta atitude foi uma usurpação por parte de César daquilo que é de Deus, ou seja o respeito à liberdade religiosa.

Na atual conjuntura política o Partido dos Trabalhadores (PT) através de seu IIIº e IVº Congressos Nacionais (2007 e 2010 respectivamente), ratificando o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3) através da punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, por serem defensores da vida, se posicionou pública e abertamente a favor da legalização do aborto, contra os valores da família e contra a liberdade de consciência.

Na condição de Bispo Diocesano, como responsável pela defesa da fé, da moral e dos princípios fundamentais da lei natural que – por serem naturais procedem do próprio Deus e por isso atingem a todos os homens -, denunciamos e condenamos como contrárias às leis de Deus todas as formas de atentado contra a vida, dom de Deus, como o suicídio, o homicídio assim como o aborto pelo qual, criminosa e covardemente, tira-se a vida de um ser humano, completamente incapaz de se defender.

Cristão não pode aceitar quem se diz a favor do aborto

A liberação do aborto que vem sendo discutida e aprovada por alguns políticos não pode ser aceita por quem se diz cristão ou católico. Já afirmamos muitas vezes e agora repetimos: não temos partido político, mas não podemos deixar de condenar a legalização do aborto. (confira-se: Ex. 20,13; MT 5,21).

Isto posto, recomendamos a todos verdadeiros cristãos e verdadeiros católicos a que não dêem seu voto à Senhora Dilma Rousseff e demais candidatos que aprovam tais “liberações”, independentemente do partido a que pertençam.

Evangelizar é nossa responsabilidade, o que implica anunciar a verdade e denunciar o erro, procurando, dentro desses princípios, o melhor para o Brasil e nossos irmãos brasileiros e não é contrariando o Evangelho que podemos contar com as bênçãos de Deus e proteção de nossa Mãe e Padroeira, a Imaculada Conceição.”

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, Bispo de Guarulhos-SP

Texto originalmente publicado no site da CNBB, na segunda-feira, 19 de Julho de 2010, as 13:02.
Se você entrar no Site da CNBB dá erro 404: http://www.cnbb.org.br/site/dom-luiz-gonzaga-bergonz

Fonte: Homem Culto

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini é bispo da diocese de Guarulhos. Completou 51 anos de sacerdócio em 6 de julho de 2010. É membro-fundador da Academia de Letras de São João da Boa Vista (SP- Brasil), sendo cidadão emérito daquela cidade.

Folheto da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, chama Lula do PT de “Novo Herodes”

Folheto da CNBB: Lula do PT, o novo Herodes

No folheto, intitulado “Presente de Natal do presidente Lula”, a Comissão Regional em Defesa da Vida do Regional Sul 1 da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) diz “Herodes mandou matar algumas dezenas de recém-nascidos (Mt 2,16). Com esse decreto, Lula permitirá o massacre de centenas de milhares ou até de milhões de crianças no seio da mãe!”.

Artigos relacionados:

Folha de São Paulo: Igreja chama Lula de “o novo Herodes”
PT não consegue mudar a lei; mas Lula assina DECRETO pela legalização do aborto
Deputado do PT é cassado pelo partido por ser contra o aborto

Clique abaixo para enviar por email para seus amigos, postar no seu Twitter, Facebook, Orkut.

Share

Anúncios

5 Respostas

  1. Se todos os líderes religiosos tivessem a coragem e postura deste bispo muitas coisas mudariam na política brasileira, falam que igreja não deve se envolver com a política, sabemos que (igreja é povo), porém quando a política é mal direcionada todos pagamos juntos, eu não tenho plano em votar no pt nunca mais, por decepção, o Hugo Chaves amigo do pt, já está atacando evangélicos e católicos na Venezuela, se calarmos hoje gritaremos amanhã.

  2. Que bom que nosso bispos estejam reagindo a política do PT que quer a iniquidade institucionalizada. Parabés aos bispos e aos demais lideres que perceberam a ameaça.

  3. Assim como nem todos os PADRES e BISPOS são homossexuais e pedófilos, também nem todos que são do PT são a favor de aborto ou de casamento entre homossexuais e adoção de crianças por esses.
    Sendo assim devemos saber pesar as palavras e utilizá-las com sabedoria. Devemos lembrar que uma lei só é aprovada com a participação de Todos Nós. O assunto ainda será discutido e temos certeza que não é posicionamento do PT a liberação do aborto a não ser nos casos específicos.

    • CARTA PRESBITERIANA

      REFLEXÃO: Na onda de protesto e alerta ao pleito eleitoral, segue a carta do ilustre pastor Rev. Ageu Cirilo, diretor do Seminário Presbiteriano de Sao Paulo. Parece-me oportuno ler e refletir sobre ela. Afinal, nossa pátria clama por oração e voto consciente !

      Caros amigos,
      As linhas que escrevo agora são fruto de muita reflexão e oração. Há semanas venho ensaiando escrever isto e o mero desejo de meu coração tornou-se uma necessidade de minha consciência. Muitos de nós têm acompanhado de perto o desenvolvimento de questões ligadas à vida e à família em nossa nação.
      Sem dúvida alguma, nestas questões a sociedade brasileira tem trilhado no caminho da impiedade por conta de um governo que, além de permitir a iniquidade, em muitos casos a apóia.

      Antes de continuar, deixe-me dizer que, como a Bíblia instrui, oro pelo presidente da República e por seu governo. Mais do que orar, nutro admiração pelo nosso presidente. Sua história de pobreza no sertão nordestino e sua ascensão ao cargo mais alto da nação é algo que me fascina.
      Sempre votei no Lula. Sendo eu filho de um bravo nordestino, metalrgico e ligado ao sindicato, então, logo simpatizei com a figura do nosso presidente. Todavia, como cristão e pastor presbiteriano, não posso me calar diante das iniquidades que seu governo tem cometido e que ainda pretende cometer em nossa nação. Exponho a partir de agora quais são estas iniquidades:

      1. Erotização de nossas crianças
      O Governo Federal, através dos Ministérios da Saúde e da Educação, tem produzido material com imoralidade para ser distribuído aos nossos filhos sob o pretexto de educação sexual.
      Veja por si mesmo nos links abaixo:

      http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/cartilha-governo-lula-estimula-alunos-13-19-anos-narrar-suas-transas/
      http://www.diversidade.papocabeca.me.ufrj.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3&Itemid=3&lang=pt
      http://www.papocabeca.me.ufrj.br/diversidade/DiversidadeWeb.pdf
      http://noticias.r7.com/vestibular-e-concursos/noticias/recife-recolhe-livro-de-educacao-sexual-para-criancas-20100428.html

      O Governo Federal, que deveria ser o guardião da educação de nossos filhos é hoje quem mais os encaminha para a imoralidade sexual.

      A Bíblia diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Provérbios 22.6).
      Deus vai cobrar do atual governo o que ele tem feito na educação de nossas crianças.

      2. Incentivo ao homossexualismo

      No dia 14/05/2009 o Governo Federal lançou o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). O plano é formado por 51 diretrizes que têm o objetivo de influenciar todos os segmentos da sociedade com a filosofia homossexual. O Governo Federal é o maior patrocinador do movimento homossexual no Brasil.
      Veja os links abaixo:

      http://www.presidencia.gov.br/estrutura_presidencia/sedh/brasilsem/plano_lgbt/
      http://www.abril.com.br/noticias/brasil/governo-lanca-plano-defender-direitos-civis-populacao-lgbt-470514.shtml
      http://portal.mj.gov.br/sedh/homofobia/planolgbt.pdf

      Em paralelo a estas ações de expansão de incentivo ao homossexualismo, o Governo também trabalha na aprovação do Projeto de Lei 122/2006, apelidado de “lei da mordaça”, que pretende criminalizar a discordância ao homossexualismo. Se aprovado, o projeto atentará contra a liberdade de expressão prevista em nossa Constituição e permitirá ao Estado punir qualquer indivíduo que demonstrar discordância quanto à prática homossexual.

      A Bíblia diz: “Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável” (Levítico 20.13). “Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro” (Romanos 2.24-27).

      3. Defesa do aborto
      Em Setembro de 2007 o PT aprovou seu apoio à legalização do aborto:

      http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI1874487-EI7896,00.html
      Em 2008 a Fiocruz, instituição vinculada ao Ministério da Saúde, liberou R$ 80 mil para a filmagem do vídeo “O fim do silêncio”, que mostra depoimentos de mulheres que abortaram seus filhos e defendem a descriminalização da prática. A diretora Thereza Jessouroun diz, na reportagem, ter idealizado o roteiro ao ouvir declarações do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, a favor da descriminalização do aborto. De acordo com ela, o projeto se materializou após a abertura do edital da Fiocruz, cuja direção é nomeada pelo ministro.
      Veja notícia do Jornal O Globo abaixo:

      http://oglobo.globo.com/pais/mat/2009/01/04/filme-reacende-polemica-em-torno-do-aborto-587883773.asp
      Por ser o PT oficialmente favorável ao aborto, em Setembro de 2009 ele puniu dois deputados federais por serem contrários à posição abortista.
      Veja a matéria abaixo:
      http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u625663.shtml
      Além disso, o novo Programa Nacional de Direitos Humanos, assinado pelo presidente em Dezembro/2009, defende a legalização do aborto, o que gerou manifestações de grupos contrários ao aborto em todo o país.
      Veja o link:

      http://www.midiasemmascara.org/artigos/aborto/10913-declaracao-pro-vida-contra-o-pndh-3.html
      Diante destes fatos que atentam contra a família, a vida e contra nossas crianças, torno pública minha intenção de voto: Votarei pela não continuidade deste governo (do PT).
      Quem me conhece sabe que nunca misturei política com ministério, todavia, creio que o momento é grave e necessita de um posicionamento dos líderes religiosos. Todo cristão deve atentar para o que está acontecendo e manifestar o repúdio às iniquidades deste governo por meio do seu voto. Não podemos deixar que haja a continuidade deste governo.

      Conclamo você, meu amigo, a continuar orando pelas nossas autoridades, a orar pelas eleições que se aproximam e a votar conscientemente, não escolhendo aqueles que praticam a impiedade.

      Termino com alguns versículos:

      “Ai daqueles que, no seu leito, imaginam a iniquidade e maquinam o mal! À luz da alva, o praticam, porque o poder está em suas mãos” Miquéias 2.1.
      “Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz, escuridade; põem o amargo por doce e o doce, por amargo!” Isaías 5.20.
      “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” 2 Crônicas 7.14.

      REV. AGEU CIRILO DE MAGALHÃES JR
      Pastor Presbiteriano
      Texto original em http://www.resistenciaprotestante.com.br

  4. Prezado Mediador, bom dia!

    Se de fato você for aberto à democracia e aceitar comentários, liberará o que escrevi ainda a pouco.
    Um abraço, e que DEUS ilumine a todos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: