Ataque extremista hindu contra retiro cristão em Madhya Pradesh

NOVA DÉLHI, 27 de abril de 2010 (CDN) – Extremistas hindus atacaram congregações cristãs no estado indiano de Madhya Pradesh nesse mês, deixando morto o estudante de teologia Amit Gilbert, 23 anos, e vários outros cristãos feridos.
Continue lendo

Anúncios

Sinais de Intimidação de Testemunhas Aumentam em Orissa, na Índia

Justiça indiana "não encontra provas"

Justiça indiana "não encontra provas"

NOVA DÉLI, 2 de abril de 2010 (CDN) – O medo resulta em transferências durante caso de estupro; enquanto isso, uma menina de 6 anos diz que político é “assassino”. Em parte devido à intimidação de testemunhas no distrito de Kandhamal, um juíz nessa semana ordenou a transferência de local do julgamento de homens acusados do estupro coletivo de uma freira durante violência anti-cristã em Orissa em 2008.
Continue lendo

Direto da Índia: Incidentes Recentes de Perseguição

A Constituição Permite, mas o Governo não Respeita

A Constituição Permite, mas o Governo não Respeita

MADHYA PRADESH, Índia, 31 de março de 2010 (CDN) – Extremistas Hindutva acompanhados por oficiais de polícia interromperam serviços cristãos em Raksha Nagar, Ranjhi, Jabalpur, no dia 28 de março.  O Conselho Global de Cristãos Indianos relatou que às 10h30min da manhã, cerca de 45 extremistas do bando hindu Bajrang Dal irromperam no culto gritando slogans hindus acompanhados pela polícia, enquanto o pastor Francisco Zavier das Assembléias Cristãs Apostólicas conduzia o culto.

Continue lendo

Direto da Índia: atacantes soltos e vítimas presas

CHHATTISGARH, Índia, 23 de março de 2010 (CDN) – Por volta de 40 extremistas hindus do Bajrang Dal interromperam o serviço de domingo da igreja Ebenezer em Kasdol no dia 21 de março de 2010. Uma fonte disse à CDN que às 03h30min da tarde, os extremistas irromperam furiosamente no serviço da igreja, acusaram os cristãos de conversões forçadas, rasgaram bíblias e outros livros cristãos e fecharam a igreja. Eles ameaçaram os cristãos com violência se eles continuassem a organizar serviços e cultos de oração. Os extremistas alertaram a polícia, e autoridades prenderam alguns líderes da igreja, incluindo o pastor Ravi Bagha, na delegacia por sete horas. Cristãos regionais intervieram, e eles foram soltos sem acusação. A polícia se recusou a registrar queixas contra os invasores, disse a fonte.

Cristãos em Karnataka, Índia, enfrentam 1.000 ataques em 500 dias

NOVA DÉLI, 22 de março de 2010 (CDN) – Investigação conclui que o governo nacionalista hindu é o responsável. A minoria cristã ao sul de Karnataka está sob perseguição, e enfrentaram mais de 1.000 ataques em 500 dias, de acordo com uma investigação independente de um antigo juiz do Supremo Tribunal de Karnataka.
Segundo Michael Saldanha, antigo juiz do Supremo Tribunal de Karnataka, os ataques começaram no dia 14 de setembro de 2008, quando pelo menos 12 igrejas foram atacadas em um dia, na cidade de Mangalore. “No dia 26 de janeiro de 2010 nós celebramos o dia da república. Este foi o dia que aconteceu o milésimo ataque em Karnataka, na cidade de Mysore.” “Os ataques estão acontecendo todos os dias,” disse Saldanha.
Continue lendo

Resumo: violência anticristã na Índia em janeiro de 2010

ORISSA, Índia, 30 de janeiro de 2010 (CDN) – Duas Cortes de Justiça Rápida no dia 30 de janeiro de 2010 condenaram 15 pessoas e inocentaram outras 39 em casos relatados a violência anticristã em Agosto de 2008. O juiz Sobhan Kumar Das sentenciou 13 pessoas a cinco anos de prisão e as multou em 2.500 rúpias (USD54) cada por incendiar casas de cristãos na área de Sarangarh, no distrito de Kandhamal, entre Agosto de 2008 e Outubro de 2008. O tribunal, entretanto, inocentou 17 pessoas pela “falta de evidências” no mesmo caso.
Continue lendo

Direto da Índia: pastor expulso de sua casa e região

CHHATTISGARH, Índia, 11 de março de 2010 (CDN) – Extremistas hindus do Bajrang Dal e Shiv Sena em 9 de março agrediram um pastor e exigiram que ele deixasse a região de Kawardha. Se reunindo perto da residência do cristão, por volta de 20 extremistas hindus pediram ao pastor Sanatan Masih da Igreja Cristã que saísse de sua casa, e depois começaram a bater nele, relatou a Sociedade Evangélica da Índia.
Continue lendo