Duas ou três coisas sobre o Islã

Hoje pretendo sintetizar algumas regras e conceitos que talvez sirvam para elucidar muito do que se lê hoje nos jornais, muitas vezes com espanto, devido à falta de informação. A palavra islã, por exemplo, significa submissão, submissão a Allah e à sua vontade, especificamente à sharia, a ordem jurídica islâmica, que é um direito imperativo e que não pode ser violado de jeito algum.
Continue lendo

Anúncios

O Islã Adverte: futebol causa problemas de saúde e até a morte

O Islã Adverte: futebol causa problemas de saúde até a morte

O Islã Adverte: futebol causa problemas de saúde e até a morte

É tempo de Copa do Mundo. Nós paramos a cada jogo da seleção. Ficamos preocupados, imaginando se a copa pode ser nossa! Se estamos em casa, queremos sentar em frente à TV junto com amigos, numa reunião descontraída, alegre e animada com comes e bebes, para torcer pela nossa seleção! De repente, uma gangue armada invade sua casa. E começam a te chicotear ou mesmo matar a tiros seus convidados. Você não tem para onde fugir! Nem adianta chamar a polícia por que…a lei em vigor é a Sharia muçulmana. Coisa de louco? Sim, coisa de loucos. Um outro mundo onde ver jogo de futebol é castigado com chicotadas ou mesmo a morte. Se você morasse em alguns desses países, estaria preocupado em ver um inocdente jogo de futebol com medo de que invadam sua casa e te matem. Países onde a emissora de televisão teve que ser transferida às pressas sob escolta militar para evitar de ser destruída por gangues de muçulmanos radicais. Exagero? Não. A mais pura verdade. Leia esta reportagem da renomada BBC de Londres e saiba como a lei Sharia muçulmana chega a ridículos como esse…e tudo isso em nome de Deus! Isso é o que prega o islã muçulmano radical, que alguns chamam de “o caminho da Paz”.

Continue lendo

Nalanda e Alexandria: a jihad contra o conhecimento

Vamos analisar o caso da Índia, fato histórico que é amplamente desconhecido do público ocidental. No caso da Índia, durante no mínimo 3.000 de anos e até o ano 780DC, o que é hoje o Paquistão era parte integrande da Índia. Nessa região, a religião majoritária era o budismo. Os invasores muçulmanos massacraram sistematicamente os budistas, seus templos e famosas universidades foram destruídas. Veja como aconteceu a jihad muçulmana contra o conhecimento e a cultura humanas.

Continue lendo

Segunda onda de ataques na Nigéria resulta no assassinato de 13 cristãos

LAGOS, Nigéria, 17 de março de 2010 (CDN) – Os muçulmanos Fulani atacam mais dois vilarejos, assassinando mulheres e crianças. Menos de duas semanas após o ataque em massa que ocorreu na Nigéria e resultou na morte de 500 cristãos, os muçulmanos da seita Hausa Fulani foram responsáveis por mais violência, matando 13 pessoas, incluindo uma mulher grávida e crianças.

Continue lendo

Assaltantes muçulmanos matam 500 cristãos na Nigéria

LAGOS, Nigéria, 8 de Março de 2010 (CDN) – Fazendeiros muçulmanos atacam vilarejos cristãos, assassinando moradores com facões. Uma estranha calmaria prevalecia em Plateau, nas proximidades de Jos. Essa calmaria foi interrompida pelo assassinato de centenas de cristãos, em três vilarejos de fazendas, por muçulmanos da seita radical islâmica Hausa Fulani.
Continue lendo