Abaixo-assinado: governo paquistanês demite 15 cristãos por sua fé

A Constituição Permite, mas o Governo não Respeita

Se a Constituição Permite, o Governo deve Respeitar

Washington, D.C. 17 de maio de 2010 (ICC) – A International Christian Concern soube que em 12 de maio, uma autoridade do governo paquistanês demitiu 15 empregados cristãos em medida aparentemente discriminatória em Lahore, no Paquistão. Os cristãos demitidos trabalhavam em empregos humildes na limpeza de detritos. Eles precisam de sua ajuda. Leia mais para ver como você pode ajudar.
Continue lendo

Anúncios

Agiota força cristão paquistanês a vender o rim

LAHORE, Paquistão, 14 de maio de 2010 (CDN) – Um paquistanês cristão disse que seu empregador muçulmano forçou-o na última semana a vender seu rim para pagar um empréstimo que ele fez sob juros exorbitantes cobrados apenas de não-muçulmanos.

Continue lendo

Muçulmanos paquistaneses acusados de estupro atacam irmãs

LAHORE, Paquistão, 18 de março de 2010 (CDN) – Temendo condenação, os cinco suspeitos espancaram irmãs de 15 e 21 anos de idade, na tentativa de intimidá-las a retirar as acusações. Cinco muçulmanos saquearam a casa de uma família cristã pobre na cidade capital da província de Punjab, e furiosamente espancaram as filhas, numa tentativa de convencer a família a retirar as acusações de estupro.

Continue lendo

Leis de “Blasfêmia” no Paquistão Prendem Mais Três Cristãos

KARACHI, Paquistão, 10 de março de 2010 (CDN) –Um casal cristão foi sentenciado a 25 anos de cadeia por violar as questionáveis e condenadas leis de “blasfêmia” do Paquistão nessa semana, e outro cristão condenado sem provas sob os mesmos estatutos na semana anterior recebeu a mesma sentença.
Continue lendo

Morte violenta de menina cristã no Paquistão incita a luta pela justiça

LAHORE, Paquistão, 28 de janeiro de 2010 (CDN) – Protesto da família de criança torturada volta as atenções para o abuso dos cristãos trabalhadores pobres no Paquistão.
O protesto pela morte e o funeral da garota cristã que morreu torturada e mal-tratada colocou foco incomum das atenções no abuso dos pobres cristãos no Paquistão.
Continue lendo

Conferência de Todos os Partidos Cristãos do Paquistão inicia Movimento contra a Lei da Blasfêmia

ISLAMABAD, 18 de outubro de 2009 (PCP) – O Congresso Cristão do Paquistão (CCP) convidou líderes e organizações que estão lutando para eliminar as “leis contra a blasfêmia” no Paquistão a participar na Conferência de Todos os Partidos Cristãos, no dia 25 de outubro de 2009 no Rawalpindi Press Club em Rawalpindi. Os convites foram enviados para os parlamentares cristãos que elevaram suas vozes no Parlamento para repelir as “leis contra a blasfêmia”. O Partido dos Povos Paquistaneses (Pakistan Peoples Party – PPP) e a Liga Muçulmana Paquistanesa Nawaz (Pakistan Muslim League Nawaz – PML) não foram convidados. Foi o ex-presidente general Zia-ul-Haq que elaborou as Leis Hadood (Hadood Ordinance) que introduziu a Lei da Blasfêmia no Paquistão em 1973. Porém, foi durante a legislatura dos partidos PPP e do PML que foram aprovados e incluídos os artigos 295B e 295C no Código Penal do Paquistão. A blasfêmia tornou-se então crime punido com pena de morte e começou a ser utilizado contra cristãos por motivos de fé e mesmo para acertos de contas de negócios e disputas pessoais. A lei da blasfêmia também está sendo utilizada no Paquistão para profanar Bíblias e queimar igrejas.

Email para um amigo ou divulgue no Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine

Continue lendo