Cristãos em Karnataka, Índia, enfrentam 1.000 ataques em 500 dias

NOVA DÉLI, 22 de março de 2010 (CDN) – Investigação conclui que o governo nacionalista hindu é o responsável. A minoria cristã ao sul de Karnataka está sob perseguição, e enfrentaram mais de 1.000 ataques em 500 dias, de acordo com uma investigação independente de um antigo juiz do Supremo Tribunal de Karnataka.
Segundo Michael Saldanha, antigo juiz do Supremo Tribunal de Karnataka, os ataques começaram no dia 14 de setembro de 2008, quando pelo menos 12 igrejas foram atacadas em um dia, na cidade de Mangalore. “No dia 26 de janeiro de 2010 nós celebramos o dia da república. Este foi o dia que aconteceu o milésimo ataque em Karnataka, na cidade de Mysore.” “Os ataques estão acontecendo todos os dias,” disse Saldanha.
Continue lendo

Anúncios