Arquidiocese de Jos publica fotos do massacre de março de 2010

A Arquidiocesde Anglicana da cidade nigeriana de Jos (Nigéria) publicou em seu website as fotos de algumas das vítimas dos ataques muçulmanos na cidade de Jos, no estado de Plateau naquele país africano. As fotos são chocantes, não clique no link de acesso se for sensível a esse tipo de fotos nem mostre para crianças. A seguir  a declaração da Arquidiocese Anglicana de Jos.
Continue lendo

Jos: Ataques contra Cristãos Continuam

LAGOS, Nigéria, 27 de abril de 2010 (CDN) – A matança de cristãos em Jos, no estado do Plateau na Nigéria continuou por todo o fim de semana quando dois jornalistas e cinco outras pessoas caíram vítimas de gangues muçulmanas.
Continue lendo

Pastor e Esposa Sequestrados e Mortos na Nigéria

LAGOS, Nigéria, 20 de abril (CDN) – Pessoas suspeitas de conexões com o extremismo islâmico seqüestraram e mataram um pastor da Igreja de Cristo da Nigéria e sua esposa na vila de Boto, no estado de Bauchi no norte da Nigéria.

Continue lendo

Nigéria: A Linha de Frente da Fé Cristã na África

No começo de março de 2010, mais de 500 cristãos da cidade de Jos (capital do estado de Plateau) na Nigéria, foram mortos pelo que o New York Times chamou de “muçulmanos desenfreados”. A matança foi só uma de várias ocorrências sérias de violência no estado nigeriano do Plateau, que fica na divisa entre o sul cristão e o norte muçulmano daquele país. É também parte de um conflito maior entre um cristianismo “renascente” e o que o professor Philip Jenkins da Universidade da Pensilvânia chama de “um Islã firme”.

Continue lendo

Cristãos na Nigéria revoltam-se com a omissão da polícia perante igrejas incendiadas

LAGOS, Nigéria, 26 de fevereiro de 2010 (CDN) – No estado de Zamfara, os criminosos que atacam cristãos são encorajados pela falta de punição. A representação da Christian Association of Nigeria (CAN), em Zamfara, relatou ao CDN que estava desapontada com a falta de responsabilidade da polícia, e sua inação perante as igrejas incendiadas por jovens muçulmanos. “É uma pena que não existiu qualquer responsabilidade da polícia, e mesmo o governador do estado recusou-se encontrar conosco,” disse o reverendo Edwin Okpara.
Continue lendo

Segunda onda de ataques na Nigéria resulta no assassinato de 13 cristãos

LAGOS, Nigéria, 17 de março de 2010 (CDN) – Os muçulmanos Fulani atacam mais dois vilarejos, assassinando mulheres e crianças. Menos de duas semanas após o ataque em massa que ocorreu na Nigéria e resultou na morte de 500 cristãos, os muçulmanos da seita Hausa Fulani foram responsáveis por mais violência, matando 13 pessoas, incluindo uma mulher grávida e crianças.

Continue lendo

Assaltantes muçulmanos matam 500 cristãos na Nigéria

LAGOS, Nigéria, 8 de Março de 2010 (CDN) – Fazendeiros muçulmanos atacam vilarejos cristãos, assassinando moradores com facões. Uma estranha calmaria prevalecia em Plateau, nas proximidades de Jos. Essa calmaria foi interrompida pelo assassinato de centenas de cristãos, em três vilarejos de fazendas, por muçulmanos da seita radical islâmica Hausa Fulani.
Continue lendo