Muçulmanos no Paquistão Sequestram e Estupram Menina Cristã

RAWALPINDI, Paquistão, 6 de junho de 2010 (CDN) ― Lazarus Masih informou que uma das suas três filhas, 14 anos, foi sequestrada em 29 de maio de 2010 por cinco homens identificados como Guddu, Kamran, Waqas, Adil e Ali. A polícia a resgatou em 6 de junho, numa batida na casa onde ela estava presa. Os suspeitos escaparam.
Continue lendo

Anúncios

Mulher Cristã Sequestrada no Paquistão Escapa

RAWALPINDI, Paquistão, 31 de Março de 2010 (CDN – Compass Direct News) – a cristã Sania James, 33, havia sido sequestrada em 5 de Abril de 2010 por homens armados que atacaram a casa de seus pais na pequena cidade de Rawat, no interior de Rawalpindi. Os pistoleiros alegam ter dito ao pai da Mulher que ele somente iria ver novamente sua filha se pagasse o empréstimo de 250.000 rúpias (US$2,930) com mais 30 por cento de juros – uma taxa muito maior do que já previamente haviam concordado.
Continue lendo

Falsas acusações são registradas contra 47 cristãos no Paquistão

Cristãos paquistaneses: violência muçulmanda não cala a fé

Cristãos paquistaneses: violência muçulmana não cala a fé

VEHARI, Paquistão, 8 de abril de 2010 (CDN) – A polícia tenta suborno após atacar uma casa; em Rawalpindi, militantes atacam uma capela. A polícia registrou falsas acusações de posse de bebida alcoólica contra 47 cristãos, incluindo mulheres e crianças, no dia 28 de março de 2010. Segundo os lideres cristãos, as falsas acusações foram uma tentativa de suborno e intimidação.
Continue lendo

Conferência de Todos os Partidos Cristãos do Paquistão inicia Movimento contra a Lei da Blasfêmia

ISLAMABAD, 18 de outubro de 2009 (PCP) – O Congresso Cristão do Paquistão (CCP) convidou líderes e organizações que estão lutando para eliminar as “leis contra a blasfêmia” no Paquistão a participar na Conferência de Todos os Partidos Cristãos, no dia 25 de outubro de 2009 no Rawalpindi Press Club em Rawalpindi. Os convites foram enviados para os parlamentares cristãos que elevaram suas vozes no Parlamento para repelir as “leis contra a blasfêmia”. O Partido dos Povos Paquistaneses (Pakistan Peoples Party – PPP) e a Liga Muçulmana Paquistanesa Nawaz (Pakistan Muslim League Nawaz – PML) não foram convidados. Foi o ex-presidente general Zia-ul-Haq que elaborou as Leis Hadood (Hadood Ordinance) que introduziu a Lei da Blasfêmia no Paquistão em 1973. Porém, foi durante a legislatura dos partidos PPP e do PML que foram aprovados e incluídos os artigos 295B e 295C no Código Penal do Paquistão. A blasfêmia tornou-se então crime punido com pena de morte e começou a ser utilizado contra cristãos por motivos de fé e mesmo para acertos de contas de negócios e disputas pessoais. A lei da blasfêmia também está sendo utilizada no Paquistão para profanar Bíblias e queimar igrejas.

Email para um amigo ou divulgue no Facebook | Digg | Del.icio.us | Stumbleupon | Reddit | Blinklist | Twitter | Technorati | Yahoo Buzz | Newsvine

Continue lendo